O homem é um ser ansioso pela felicidade, no

entanto, não há suporta por muito tempo..

seja como for mais seja

Seja como for mais seja alguem.... Não alguem comum... Mais alguem que faça a diferença por aqui.... Que não viva por apenas estar vivo... Mais que vida por querer realmente viver e entenda que a vida é mais do que o mundo a sua volta.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Nossos velinhos


Hoje fui com uns amigos no lar de idosos. Quando você
 entra num hospital, um abrigo, ou qualquer lugar como
 esse, você se senti como estivesse entrando em outro
 mundo, mundo do qual todos já ouvimos falar,
 mais que poucos conhecem.
Estar ali e dividir um pouco do nosso tempo com eles
 nos faz entender que nossas dificuldades não são
 nada diante daquelas enfrentadas por elas.
Acho que todos deveriam pelo menos uma vez na vida
 visitar algum lugar assim, pra quando surgir um problema
 qualquer, lembrar que tem pessoas com problemas
 maiores, e que mesmo assim continuam vivendo.

Entrando, e conversando com cada um, ficava tentando olhar
 através dos seus olhos e imaginando como foi à vida
 de cada um deles até chegarem ali.
Suas alegrias, tristezas, família, sonhos, alguns estão ali pela
 família não ter condições de cuidar mais que visita-os de
 vez enquando, outros já não tem mais ninguém, há não ser
 aquelas pessoas que ali estão. 
E refletindo comigo mesmo fiquei imaginando, aonde e como
 estarei quando chegar naquela idade.
Sabemos que um dia chegaremos nessa idade, e que talvez
 um dia qualquer um de nós possa estar num lugar como esse,
o mínimo que podemos fazer é procurar tratar melhor
 essas pessoas que tanto tem pra nos ensinar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário